terça-feira, 30 de janeiro de 2018

A Colecção do Paulo Fajardo


Paulo Fajardo - um nome que podem reconhecer do seu trabalho como reporter de imagem da SIC, como membro da dupla do videocast "VHS - Vilões, Heróis e Sarrabulho"", ou dos seus trabalhos como realizador e produtor - reencontrou há cerca de 2 anos a sua colecção de infância e partilha-a hoje connosco.

"A redescoberta de todos estes brinquedos, deveu-se inteiramente à curiosidade e persistência do meu filho, que tem apenas 4 anos.
Estávamos a fazer arrumações no sótão e o Leo ofereceu-se logo para ajudar. Tira caixote, põe caixote e em plena exploração, o Leo descobre um baú velho onde guardei grande parte dos meus brinquedos de infância. Entre os anos 80 e 90, quase todos, são brindes de bolos da Panrico/Dancake, ovos Kinder e batatas fritas... lembro-me de em garoto chatear exaustivamente a minha mãe quando ia à loja, para me comprar qualquer um destes produtos, não pelo sabor ou valor nutritivo que tinham, mas pelo fantástico brinde que vinha lá dentro! A minha vida passou a ter um objetivo, colecionar aqueles bonecos todos! O mais chato era quando saía uma figura repetida, mas até para isso havia solução, porque facilmente encontrávamos outros miúdos no recreio com quem fazíamos a troca. 
Sinto uma grande nostalgia ao rever todas estas figuras, que me acompanharam ao longo da minha infância, e sinto um enorme orgulho por poder passar esse "testemunho" ao meu filho. Hoje, no dia em que os descobriu, adormeceu agarrado à colecção de dinossauros da Matutano! Espero que ele os trate tão bem ou tão mal quanto eu."


Começamos pelas fantásticas Caveiras Luminosas das batatas-fritas da Matutano:

Não me recordo destas versões em  porta-chaves. Talvez seja uma personalização?

Os raros monocromáticos "Ewoks & Droids" com figuras de duas séries animadas do universo Star Wars, vinham nos bolinhos de chocolate rectangulares da Panrico.

Regressamos aos brindes das batatas fritas com estes magnificos monocromáticos de borracha, os Dinossauros da Matutano:
Dos dinossauros da Matutano ainda tenho uns quantos, que tenho que juntar e fotografar em detalhe para o blog.

E na ausência de Transformers originais, faziamos a brincadeira com os coloridos robots transformáveis piratas. Muita alegria me deram os meus Transformers knock-off. Tive os dois maiores desta foto do Paulo Fajardo. Ainda tenho na minha posse o robot amarelo e laranja - que se transforma num automóvel, e consegui há uns anos adquirir novamente o maior, completo e em caixa:  o "X Plan Strategic". Se prestarem atenção, essa figura é constituida por dois veículos, um carro futurista ("W-Jetcar Z") que forma as pernas e uma nave ("W-Jetcar V") que forma os braços e cabeça.

Voltamos aos monocromáticos:
Acima, as naves dos monocromáticos "Starship Troopers", baseados na versão animada japonesa dos anos 80 e não no filme live action de 1997. Ambos adaptam a novela "Starship Troopers" de 1959, por Robert A. Heinlein. Na foto seguinte, as armaduras envergadas pelos soldados do anime:

Outra espectacular colecção de monocromáticos, do êxito de desenhos animados "Thundercats", os "Supergatos" em Portugal.

E claro, o famoso "Cat's Lair", a base dos heróicos Thundercats:
Um conjunto de Estrumpfes em plástico:

Talvez a colecção de monocromáticos mais adorada das que saíram nos bolos Panrico: "He-Man e os Masters do Universo". Olhem esta beleza:

Em mais detalhe:


Incrível o detalhe dos heróis e vilões de Eternia numas figuras tão  minúsculas!

De outro planeta, de regresso á Terra, para a aldeia de irredutíveis gauleses, Asterix e companhia:


Um par de preciosidades, os páraquedistas:
Quantos destes bravos soldados de plástico colorido pereceram em acção, emaranhados nos ramos traiçoeiros de uma árvore?

Deste conjunto, creio que distingo algumas personagens Hanna-Barbera.


E para terminar, um "He-Man" genérico de uma daquelas inúmeras colecções que tentaram capitalizar o sucesso dos Masters do Universo. Á primeira vista diria que o Paulo juntou a cabeça do Magnon dos Galaxy Warriors no corpo de outra figura.

O meu grande obrigado ao Paulo Fajardo pelas belas fotos, que despertaram muitas emoções em mim, e aposto que também nos nossos leitores, e também pelo seu relato de como estas pequenas memórias da infância dele - e da nossa - ganharam nova vida nas mãos da nova geração!


Nas edições anteriores vimos a colecção do Smogs ["A Colecção do Smogs"], do Carmonix ["A Colecção do Carmonix"] do Milton Mendes ["A Colecção do Milton Mendes"]Bruno Duarte ["A Colecção do Bruno Duarte"] e do Armindo Ferreira [ "A Colecção do Armindo Ferreira"]


sábado, 4 de novembro de 2017

Compras de 2016

Algumas das aquisições do ano de 2016. Há muito mais que ainda não fotografei ou não organizei. Eventualmente hei de actualizar o artigo com novas fotos. Vamos então começar:

Setembro de 2016:
Caderno de trabalhos manuais do Sport-Billy. Drácula em PVC Maia e Borges. Também PVC do Nils Holgersson, um dos vikings do Vickie e um pasteleiro. Uma figura grande dos Thundercats, Grune The Destroyer, sem acessórios.  Cassete VHS dos "Visionaries" e uma cassete audio de êxitos infantis.


Outubro de 2016:
Décadas depois, voltei a ter em minha posse este modelo de consola pirata "Family Game". Mais alguns livros dos "Dinossauros" e de contos tradicionais. Em cima da caixa VHS está um exemplar da tradução do Eça de Queirós da "As Minas de Salomão".

terça-feira, 7 de março de 2017

Transformers - Robots Que Se Podem Transformar (1990)

Um achado numa revista insuspeita da Disney: publicidade aos action figures dos clássicos Transformers da Geração 1, na época com a série animada em exibição na RTP aos Sábados: "Transformers Em Acção"! A revista "As Melhores Histórias Nº 36" é de Dezembro de 1990, mesmo a tempo da época natalícia desse ano! O que eu desejei ter um Optimus Supremo (Optimus Prime) no sapatinho! 


"Transformers: Robots Que Se Podem Transformar".

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

O Fantasma - Figuras PVC Yolanda (1993)

"O Fantasma" ("The Pantom") ao longo da sua carreira foi gerando variado merchandising, como esta colecção de 2 figuras em PVC fabricados em 1993 pela marca Yolanda. Clique sobre as fotos para as ver em tamanho maior:
Sobre o aspecto diferente do uniforme destas figuras suspeito que seja inspirado na versão "sem cuecas por cima das calças" vista nos desenhos animados "Defensores da Terra", com o Fantasma na sua 27ª encarnação.
Recorde o artigo que escrevi por altura do 80º Aniversário deste clássico super-herói: "O Fantasma" | Enciclopédia de Cromos.

sábado, 16 de janeiro de 2016

Compras Março a Dezembro 2015

Depois de uns valentes meses sem actualizações, cá vão algumas das aquisições entre Março e Dezembro de 2015.

Feira da Fuseta no inicio do mês de Março de 2015:
"Bem vindos ao Jurassic Park - Livro Ilustrado" [saiba mais e download aqui], vinil single da banda sonora da "Abelha Maia", cassete de música da "Maria Armanda", alguns dos dinossauros da Matutano, um "Wolverine" da Secret Wars de 1984 sem garras de adamantium plástico, e dois transformers, um vintage e outro dos Bayformers. Junta-se ainda a novelização do "Império Contra-ataca" para a colecção de Ficção-Cientifica dos livros de bolso da Europa-América, o manual de instruções do jogo "Jurassic Park" para Game Gear.


Já perto do final do ano trouxe para casa figuras do recente "Star Wars: The Force Awakens", os vilões Kylo Ren (abaixo) e Captain Phasma.


Captain Phasma - na sua armadura cromada - posa ao lado de um antigo Clone Trooper (que comprei em 2010 numa visita a Gibraltar).

Uns adoráveis porta-chaves de borracha, com as duplas Batman e Superman, Captain America e Iron Man.

Uns meses depois trouxe para casa o Spider-man e um Green Lantern Hal Jordan.

Consegui finalmente uma figura que me faltava na Liga da Justiça que saiu há uns anos nos pacotes de Phoskitos: Hawkgirl.

Consegui também alguns cromos Panrico d' "O Justiceiro" ("Knight Rider") como este que exibe o KITT em modo Super Pursuit.

 Mais um PEZ Star Wars: R2D2.

De entre as "toneladas" de cassetes VHS que fui juntando, destaco as cassetes promocionais da Sega, como esta preview do Sonic The Hedgehog 2, e a cassete de Novidades 1994 da Sega que veio com a revista Mega Force.

Claro que não podia passar ao lado da colecção de trading cards "Journey to Star Wars: The Force Awakens" da Topps que revisita os momentos mais importantes da trilogia clássica.
Já não fazia colecção de trading cards desde as do Dragon Ball Z lá em finais dos 90s.

E falando em Star Wars e anos 90, consegui finalmente completar a colecção de slides da trilogia da Edição Especial que saiu nas batatas fritas da Matutano! Só em falta o visor para me regalar com estes slides!

No meio da quinquilharia não resisti a trazer este astronauta (?) de colecção desconhecida.
Nota: O leitor Guilherme Arruda adiantou ser um astronauta da marca "Britains". Obrigado pela dica!
Podem ver mais detalhes da linha "Space" Britains: "Action Figure Insider | Looking Backs: Britains Space".

Lobisomem da "Maia e Borges", monocromático dos Thundercats e Pantera Cor de Rosa, o cão Pantufa da Senhora Pimentinha, entre outras figuras, revistas e vhs que encontrei numa feira em Dezembro.

"Encontrado" online, um Willy Fog a precisar de uma demão de tinta...

Belíssima caderneta de cromos francesa: "Albator: Le Corsaire de l'Espace". No mesmo dia ainda consegui uma da "Candy, Candy" e da série "Fame".

LP de músicas do concurso "Arca de Noé" com o Vitinho a segurar foto do músico e apresentador Carlos Alberto Moniz.


PVC do "Inspector Engenhocas/Gadget":

Um robot vintage a pilhas:

"Olive Oyl" PVC com armadura em arame, a amada Olívia Palito do Popeye.

Portachaves antigos dos Simpsons.

Além de uns PVCs Disney, várias cassetes VHs - incluindo uma do "Sport Billy", calendários de bolso, um Godzilla em plástico duro, um peso de papéis (?) Heidi, o LP "Jackpot 87".

Mais cassetes e livros, uns PVCs que troquei entretanto, um Zorro, um Batman knock-off, uma Tartaruga Ninja original, o herói Aço da DC Comics e ainda alguns transformers genéricos.

Outra Tartaruga Ninja original para fazer companhia ao Batman de peluche, uma mistura do Spider-man com um Power Ranger, o Snake Eyes dos G.I. Joe, etc...

E para terminar o post em grande, as melhores aquisições em vinil de 2015: o LP da banda sonora de "Ulysse 31", e da mesma série, o single "Ulysse Revient", e as bandas sonoras de "Flash Gordon" e "Star Wars: Return Of The Jedi"